Embrapa e USP de São Carlos desenvolvem robô que mapeia a composição do solo em tempo real

Pesquisadores da Embrapa, em parceria com a Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos (SP), desenvolveram um robô capaz de mapear o solo das plantações em tempo real e no próprio local. A tecnologia facilita e agiliza o trabalho do produtor na hora de fazer o preparo do solo e aumenta a produtividade das plantações.

O robô emite um laser que quebra as moléculas do solo e as partículas formam uma espécia de nuvem de luz, com uma temperatura a 100 mil graus. É essa luz que é analisada pelo equipamento.

“Nós podemos analisar macro e micronutrientes, contaminantes, a textura de solo, carbono, e o PH, a acidez do solo”, explicou a pesquisadora da Embrapa Débora Milori.

Rapidez

O robô da Embrapa promete facilitar a vida do produtor. Atualmente, para analisar o solo pelo método tradicional é preciso levar uma amostra do solo para o laboratório. O resultado demora aproximadamente 15 dias para ficar pronto. Já usando o robô, a análise é feita na hora, sem sair do campo.

Os dados coletados pelo robô são expostos na tela do computador por meio e gráficos mostram a concentração de nutrientes e outras substâncias presentes no solo.

Com a análise em tempo real, o produtor consegue aplicar os nutrientes necessários para fazer a composição ideal do solo com rapidez, o que ajuda a aumentar a produtividade.

“Se a gente consegue fazer um mapeamento do solo, a gente consegue aplicar o fertilizante de forma mais racional, aplicar onde a planta precisa, isso também evita que apliquemos o fertilizante demais, em um determinado local, e evita que isso infiltre e acabe contaminando o lençol freático”, explicou Débora.

Tecnologia

O equipamento usa a mesma tecnologia do robô enviado pela Nasa para a missão espacial de exploração à Marte. É feito de alumínio e tem mais de um metro de altura e uma suspensão que permite que ande sobre as plantações. A orientação é feita por meio de um GPS.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *